we are the Peninha whisperers


9 comentários:

  1. acho bem que queira ser cão porque isto hoje em dia ser doutor já não há emprego :p

    (sei do que falas, lá em casa dos cotas a rotina gira em volta do xico, apesar de a ordem ser mimo-comer-mimo-exercicio, ainda assim um cão é membro de familia como igual, ou deveria ser sempre)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ele é um membro da família: isso é incontornável! o que estou a dizer é que a tendencia que temos para humanizar os canitos é que os faz, não raras vezes, serem bichinhos ansiosos, dominadores e com a falsa ideia de que são pessoas! é difícil não amar de mais, não estraga-lo com mimos ( e aí tb tenho que me educar para evitar que isso aconteça), mas ( e depois de muitas leituras e de muitos episódios do encantador de cães) estou certa de que um cão equilibrado é um cão muito mais feliz... aliás, como nós!

      Eliminar
    2. tou de acordo com tudito, mas é dificil sim...

      Eliminar
  2. Ai... educação canina à parte, o Peninha é tão, mas TÃÃÃÃOOOO doceee!

    ResponderEliminar
  3. É tão fófiiii. Adoro cães. Mas não tenho casa para um, por isso tenho uma gatinha. Acho que educar um cachorrinho assim fofinho dificulta ainda mais a tarefa. Só apetece dar mimo. Fico orgulhosa que estejam a tentar ser Cesar Milans :) eu com essa fofura toda não sei se conseguia ser a "líder da matilha" :) ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) pois, eu também estou com sérias dificuldades: o tipo mete-me aqueles olhinhos e eu derreto-me toda :D

      Eliminar
  4. O teu Peninha é a coisa mais deliciosa, compreendo perfeitamente o sentimento do afeto vir primeiro mas, concordo taaanto com o Cesar Millan e acho que os cães são tão mais felizes assim... e nós também!
    Adoro sempre os teus looks, tens que começar a identificar as peças ;)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  5. love your style so much, the yewellry is flawless! really a great boho chic!

    ResponderEliminar

AddThis