Esmeralda


sou das cores e esta ... veio para ficar

A vida é não mais do que um sonho leve...


Se é certo que gosto de quase todos os estilos (e quanto mais me transporto virtualmente por estas casas da blogosfera mais me vou identificando com uma série de trapinhos que por lá se postam todos os dias) a verdade é que é neste que me reencontro, que me revejo e se pudesse (trabalhasse eu noutro lado qualquer) todos os dias usaria saias compridas, franjas, aneis enormes, turquesas e botas floridas.
quero uma casa cheia de cor, com tapetes mágicos e saris pendurados em todos os cantos. ao fundo um fogão velho aquecerá o café sobre um chão pintado de almofadas. Flores abundarão nas mesas, nos tampos dos baús de cores comidas pelos anos, naquela cadeira velha da Avó Lena, no armário da cozinha...
é....
Há uma natureza sonhadora que me veste a pele.

Vivo a milhares de anos luz das realidades que me aborrecem e sofro daquela arrogância meia ingénua de que não há melhor lugar no mundo para estar do que no interior do que sou.
Sintonizo-me num mundo à parte, numa corrente de milhares de emoções que não se gerem mas que socializam, a melancolia, a alegria e a tristeza, a crença e a descrença.
´
é...
A vida é não mais do que um sonho leve...

instantes

 ter uma câmara sempre à mão é poder captá-los, em casa, na rua que a cruza, no Tribunal, no restaurante da esquina. 
instantes que se fixam sem que nada ou motivo algum o justifique ou, então, por todos os motivos e mais algum.
tenho uma cidade para viver 
um amor para a partilhar
tenho ganas
sim, meus amigos, muitas ganas!

AddThis