Annie Sloan Chalk Paint workshop



Não sei se conhecem, ou se já ouviram falar, das tintas criadas pela Annie Sloan, o milagre dos milagres quando se trata de pintar móveis, uma tinta para os totós da bricolage!

Esbarrei com elas há uns meses numa loja Pop Up no Espaço 7 e fiquei fascinada com a palete de cores e com a facilidade das técnicas usadas na recuperação de móveis antigos (estávamos, então, na fase de decoração dos apartamentos turísticos e o Jorge tinha comprado imensos móveis antigos para recuperar).
A Linda Vaughm - que entretanto criou a LOST & FOUND - foi quem nos apresentou à marca e quem nos seduziu com a simplicidade com que nos explicou a forma de trabalhar estas tintas.
São tão versáteis e bonitas e o melhor de tudo é que não requerem nenhuma especial preparação, como lixa ou polimento (o que poupa uma carga de trabalhos e esterqueira) e podendo ser usadas quer no interior, quer no exterior e em quase todas as superfícies (madeira, plástico, vidro, soalhos).
As cores são maravilhosas, para além da textura aveludada podemos misturá-las para obter o tom pretendido. Depois de escolher a cor resta escolher a técnica que queremos aplicar.

Por isso, e para ficar a conhecer melhor as diversas formas de aplicação e técnicas inscrevi-me no WorkShop da Linda que decorreu no Sábado na Lost&Found.






O curso tem a duração de 3 horas e escusado será dizer que adorei e que estou mortinha por pôr em prática o que aprendi - vou começar pela cadeira do meu toucador :)
No curso aprendemos três técnicas numa tábua de pinho. Pintámos 3 cores e sobre elas desenvolvemos a técnica de envelhecimento, o crackle effect, e da das duas cores.

Estou indecisa em relação à que vou usar na cadeira, mas estou inclinada para a de envelhecimento da madeira, que fica mais ou menos com este aspeto:


Consiste em aplicar cera preta por cima da tinta escolhida (depois de seca) para entrar nos veios da madeira e conferir-lhe aquele ar antigo e usado.
Aqui a experimentar a técnica de envelhecimento sobre o verde



O Crackle Effect consiste em "quebrar" a tinta com a ajuda de um secador de cabelo. Depois é aplicada uma camada de cera branca seguida de uma de cera preta. Não fica o máximo?





Na técnica das duas cores o efeito final é este que se vê neste móvel. São aplicadas duas camadas de tinta de cores diferentes. Neste caso a primeira camada terá sido branca e a segunda cinza. Depois lixam-se as zonas onde queremos que a cor inferior apareça.



Na tábua que pintei fiz uma primeira camada de vermelho e depois de preto grafiti (para chegar aquela cor móvel oriental).



não tenho imagens suficientemente elucidativas do resultado final mas fica aqui um exemplo de um espelho pintado pela Linda com esta técnica.



E foi assim, uma manhã sábado entre cores, tintas e pincéis com um grupo fantástico e uma formadora maravilhosa!

Procurem-na no Facebook e, se puderem, inscrevam-se! vale mesmo a pena, garanto!

A Lost & Found















os aprendizes!



A Linda!

1 comentário:

AddThis