Yard of girls dress




Quanto mais cinzento o dia, maior a vontade de me vestir a cores, acho que, de uma forma até meio inconsciente, dou-me as cores que estes dias me roubam.
Esta é mais uma criação minha em conjunto com a minha querida_amiga_artista_criadora_desenhadora_e_paciente Ana Júlia, que me atura as manias, os quereres, as urgências e a dificuldade patológica de ouvir um "não é possível".
A Ana do sorriso rasgado, criadora-autora-amiga-de-que-tanto-gosto, consegue tudo. 
Às minhas idealizações (muitas vezes) impossíveis ela responde com as suas alternativas "possíveis" e a verdade é que, no fim,  são essas que superam sempre as expectativas. 

Na forja está mais um como este, agora em tons de verde, com mangas em balão, cheio de bordados e espelhos, tal como eu gosto!

E vocês, são pelas cores ou pelo preto?

Bom fim de semana!

# yard of girls dress
# zara bag (old) costumized by me

interiores onde apetece estar.

gosto de casas ordenadas ainda que não excessivamente "arrumadas". mudar os cantos às nossas coisas é habitual e algo que me está no sangue. nem sempre o resultado fica melhor mas a mudança, every now and then, faz bem à (minha) alma e de cada vez que vejo cantos como estes só me apetece ir a correr arrastar móveis!





























Lá em casa o elemento decorativo de que mais gosto é deste tipo, fica bem em qualquer lado ainda que normalmente em posição tapete! :)
Outra das minhas peças favoritas é o Juju hat que se vê lá atrás na fotografia (laranja porque sim) e que regateei até a senhora da loja mo vender pelo preço que tinha definido que daria por ele, ou seja, mais baixo dos que tinha encontrado na net.
gosto dele, aliás, gosto muito dele!

# Today


#Zara maxi dress (old)
# Babash bag (Espaço 7)
 # Xuz Boots 

Girly dress



naquele que foi, provavelmente, o último dia de verão do ano

Dress H&M
Sandals - Isabel Marant

Retrato

Tenho dias em que só me apetece embolachar o mundo.
























*sendo que embolachar não é envolver em bolachas.

Isabelinhas

Gostei delas mal lhes meti os olhos em cima. Depressa passaram para out of stock em tudo quanto é loja on line. 
Ainda que fabricadas cá, não as vi em lado nenhum (vocês viram?). Corri o Ebay (que tem muita gente a querer enriquecer de um dia para o outro a vender coisas ao dobro e triplo do preço original), encontrei mais umas lojas on line que desconhecia e acabei por encontrar as Edris que eu queria a um preço fantástico no vestiaire collective.
Não é um site onde compre muitas vezes porque acho os portes de envio exagerados (20,50 €), mas é um óptimo sítio para procurar o objecto de desejo a preços (por vezes, muito) mais baixos, principalmente se deixarmos passar a fase inicial da loucura pela novidade
No caso, a vendedora foi uma querida que ainda baixou o preço de forma de cobrir o custo dos portes. 
Et voilá, cá estão elas!

Freepeople favourites

(tudo muito lindo, tudo muito caro)

Fim de Semana (Parte II)

A caminho da Serra de Sintra - Santuário da Peninha 

Vista linda, não é?

No domingo, e debaixo de um calor pouco aconselhável ao uso de casacos com protecções, decidimos começar o nosso passeio pela Serra de Sintra até ao Santuário da Peninha - gostei tanto, é tão bonito e especial, a vista é tão maravilhosa e o ar tão saudável que até se estranha. 
Não há dúvida no que diz respeito à beleza deste país: existem sítios de cortar a respiração!


Dali seguimos para Mafra para visitar o convento. 
Só lá tinha ido em pequena, naquela idade em que só pensamos no gelado que vamos comer a seguir e por isso foi bom voltar, afinal de contas são tantos os monumentos que contribuem para a nossa história, por que não visitá-los mais vezes?
Fiquei siderada com a biblioteca: um lugar majestoso e em silêncio que guarda cerca de 36 mil livros! 
Duas horas depois de calcorrear o palácio de trás para a frente - são 1200 divisões (e nós só vimos as de acesso ao público - cerca de 45) e com os estômagos colados às costas fomos até à Ericeira almoçar.


e acho que vamos voltar em breve, é demasiado bom para tão pouco tempo!
se passarem por aqui não deixem de almoçar na Tasca Boa Viagem, para além de peixe e carne de primeira (comi o melhor atum da minha vida) o pessoal é super simpático e atencioso.

(Dr. Denim jeans, Yard os Girls Top; Xuz Boots and Les Specs sunnies)

Fim de semana (Parte I)

Está bom de ver que desde que comprámos a mota nunca mais parámos quietinhos (e, confesso, já me apetecia estar quietinha de vez em quando).
Desta vez fomos até Lisboa, assentámos arraiais no Bairro Alto (very wrong idea) e dormimos acompanhados por algumas centenas de pessoas que bebiam copos debaixo da nossa janela.
Ou seja, Sábado amanheceu cheio de olheiras, um humor de cão e uma paciência que cabia numa chávena de café (curto).
Mas pronto, era fim de semana, já ali estávamos e já, pelo que fomos bater perna pelo Chiado e Príncipe Real até ao jantar. 
Depois do jantar fomos finalmente conhecer o roof top do Hotel do Bairro Alto. A vista é realmente soberba e a caipirinha de maracujá é bem boa - a empregada de serviço é que nem tanto.

De resto, nada de novo, mas saldo positivo. Lisboa é de facto uma cidade linda, uma cidade que não chega a ser tão linda como o Porto (sou pouco tendenciosa) mas linda!

Domingo montámos outra vez nas duas rodas e fizemos um passeio fantástico de que falarei amanhã!

wearing:
Mes Demoiselles Tunic (old), Bag Babash (Espaço 7, Porto) Kate Moss for Topshop Shorts; Les Specs Sunnies;
Mes Demoiselles skirt on sale here and Xuz Sandals

AddThis