origens





Os meus pais (e milhares de tantos outros pais e filhos) vieram de Luanda em 1975, ano em que eu nasci, ainda lá, e me vi arrancada às origens 6 meses depois. 

De Luanda ficaram apenas as recordações das fotografias que os meus pais (tão novos) trouxeram nas suas poucas malas de retornados daquela terra, que era deles, das suas vidas simples de então. Fotografias que desde miúda me lembro de ver vezes sem conta, fascinada com as cores, não só daquela África, mas também com as deles, nas suas indumentárias perfeitas que sempre fizeram tanto sentido para mim.

Diz o meu pai que se vestia na melhor boutique, (sim, boutique) de Luanda - não admira que o vaidoso tenha uma filha tanto ou mais vaidosa do que ele ainda que sem as melhores boutiques de onde quer que seja- e que os seus outfits eram de "altissima qualidade", ainda que a meu ver 2 ou 3 números abaixo do seu, mas que ele usava com a mesma certeza e segurança com que exibia as suas frondosas patilhas e cabelôncio.

A minha mãe, que sempre foi absolutamente incrível de bonita, vestia roupa que comprava nos fardos que vinham dos Estados Unidos, muito à frente diz ela, mini saias mesmo mini, plataformas altas e lenços no cabelo.- ora vejam lá aqui se a miúda não era uma arraso?!

Muita da roupa dela era feita pela minha avó, mãe do meu pai, que sempre foi uma mulher extraordinariamente dotada para fazer bem aquilo que lhe apetecesse fazer, a costura era um desses exemplos e que foi a autora do vestido de noiva da minha mãe, que não só era lindo de morrer, como teria sido talvez a única razão que me levaria ao altar tivesse ele vindo naquelas malas de retornado!

Isto para dizer que talvez venha daí este meu gosto pela moda dessa altura, em que eles eram livres ou assim pareciam, em que a vida era outra e eles também. 

Por isso, quando vi estas calças da nova coleção da Zara, foi até aqueles tempos que me vi transportada e adoro-as por tudo isso e porque me sinto tão à vontade com elas como a minha Maria Clarisse dos 17 anos se sentiria com as suas patas de elefante :)


(o look é quase todo da Zara da nova estação, à excepção da túnica que já é de há duas atrás. Os óculos são Ray Ban)

10 comentários:

  1. Volto também no tempo, e também a lugares que nem mesmo conheci. Volto a outra Maria, a Odete. Uma mulher linda que passou por aqui e deixou saudade imensa. Angola...quanto ja me trouxe de histórias, pela vida real de tantos amigos, ou ainda pela literatura que ranto amo.

    ResponderEliminar
  2. Volto também no tempo, e também a lugares que nem mesmo conheci. Volto a outra Maria, a Odete. Uma mulher linda que passou por aqui e deixou saudade imensa. Angola...quanto ja me trouxe de histórias, pela vida real de tantos amigos, ou ainda pela literatura que ranto amo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) elas deixam saudades por onde passam, as manas!

      Eliminar
  3. Que look maravilhoso, os pés à cabeça! sinto-me inspirada :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, Marta!!! que sirva para inspirar alguém :D beijinhos ******

      Eliminar
  4. que linda!!

    http://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Onde é que andam essas roupas tão giras, que eu vou à Zara e não vejo nada disso? :) as calças são fantásticas, podes dizer em que Zara as compraste?

    História inspiradora também :) coincidência, também foi a minha avó (também costureira) que fez o vestido de noiva da minha mãe :) até o usava..se me servisse :p

    beijinhos *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Filipa! comprei on line, tamanho M - mas alargam um bocado :)

      beijo grande!!!!!!!!!!!

      Eliminar

AddThis