Tijolo burro


* Casaco e calças dos saldos da Zara desta temporada 
Botas e top dos saldos da Zara da época passada 
Carteira e anéis da FIA 2015

(esta semana vamos ter sandálias lindas na loja on line, mas mesmo, mesmo lindas, lindas. 
era só "právisar")

(* O tempo por cá está grey, sem anatomias e sombras, mas grey.)

Saldos confortáveis

Saldos confortáveis



Adoro as alpercatas da Mango e as da Zara! 

Fui à FIA e foi um ver se te avia (s)!




A Feira Internacional de Artesanato (em Lisboa) é uma daquelas feiras que não gosto nada, nada de perder e este é  já o terceiro ano que lá vou bisbilhotar.

Nos dois primeiros, e como tínhamos mudado de casa há pouco tempo, estive mais concentrada nos artigos de decoração, principalmente nos tapetes e nos candeeiros (tão lindos).

Este ano decidi ir com tempo, sem stresses e com vontade de me dedicar mais ao resto, aos acessórios, às roupas, à bijutaria e ao que mais houvesse para ver.

E se querem que vos diga, foi "O" regabofe total! 
Adorei andar a negociar, a mexer e remexer em tudo, a experimenta colares e anéis como quem se despede. Enfim, foram umas horinhas de compras que souberam pela vida.

E vocês que vivem aí na capital, já lá foram cheirar as coisas maravilhosas?


vestido Zara (saldos)
( - um filho único que encontrei na Zara da Rua Augusta -yeahhhhh)
Sandálias Isabel Marant (do ano passado)
Carteira - FIA

Vamos lá aproveitar estes saldos, meninas

sales


sales


E para aquelas que tantas vezes me perguntam pelos vestidos brancos, este da Mango é lindo e está a pedi-las!

A mini saia dos saldos


Porque não tenho aqueles joelhos ossudos e elegantes que pedem pernas sempre à mostra e porque, a bem da verdade, sou chegadinha aos comprimentos, é raro comprar mini saias ou vestidos muito curtos, não é a minha praia nem eu me sinto totalmente eu nestes preparos... mas vá, 50% de desconto é musiquinha prós ouvidos e eu lá me vi na Zara a abarbatar esta mini saia de camurça, que vai daí até é muito confortável e só não dá é para deixar cair alguma coisa ao chão (como os 50 cêntimos que deixei cair de manhã no café ao pé de casa e que não me atrevi a apanhar porque não sei como é que isso faz com esta indumentária).

A camisa azul também é Zara mas já antiga, as sandálias já falei delas e a carteira dourada, que é linda que dói, é da nossa loja online - e podem vê-la melhor aqui.

O lenço é da Stradivarius e antigo, os fios de medalhinhas já não são novos e são da Parfois e os outros comprei em Formentera nos quiosques de rua.

A pulseira dourada tem anos e anos e é da Mango e a dos pompons é da loja Blues, no Porto.

E eu (que também já tenho anos e anos) já estou masé mortinha pelo fim de semana e por aquele copo de gin, cheio de ceninhas bem cheirosas, ao fim de tarde !

Bom fim de semana para vocês!

hoje

primeiro dia de saldos e eu estou como se já fosse o último no que diz respeito a kms palmilhados nas lojas (que é como quem diz, Zara). 
não consegui tudo o que estava a guardar para comprar nesta altura (nomeadamente um ou outro vestidos que esgotaram on line logo após os primeiros 5 minutos da partida, largada, fugida), mas o balanço geral é bem positivo já que nestes saldos, ao contrário do que é costume nos descontos iniciais, os preços desceram para lá dos pequeninos 10 euros. 

em suma, uma estafa que compensou :) 

deixo-vos as fotos do dia, com um vestido da Zara dos últimos dias de saldos da época passada (9,99 euros muito bem gastos, cá do meu ponto de vista); a carteira da SilverField (do ano passado); o colar da Yard & Blues on line store e as sandálias que por sinal também entraram em saldo!

e vocês, já foram ao saldeco?

kiss kiss bang bang!

Instagram:

Feriado


O Porto está de ressaca, mas nós não, e esta pausa a meio da semana estava mesmo a pedir aquele almocinho tardio e preguiçoso de que tanto gosto! 

que bons que são os feriados... (bocejos...).... não é? 

verde água




Aquela cor yang que de alguma forma me faz sentir como se estivesse num spa com musiquinha de água em pano de fundo: relaxada e fresca!

Saia Freepeople (antiga)
 Carteira Zara (antiga)
 Cunhas Zara
Túnica Maria Guiomar 
(também representada na loja Foz Market, na Rua da Cerca 512, no Porto) 
(adoro as mangas e o pormenor das rendinhas que lhe dão aquele ar romântico de que tanto gosto)
Colar Yard & Blues (antigo)

Formetera - últimas achegas e não se fala mais nisto

Quase duas semanas depois do regresso de Formentera, a ressaca começa a passar e regressa -se à normalidade, ao trabalho, a casa, ao Peninha (tantas saudades que tive dele) e à rotina.

Tinha dito que ainda me faltariam dois posts, mas acho que me vou ficar por aqui.

Queria apenas deixar algumas sugestões e curiosidades para aquelas que estão a pensar voar até lá este verão.

Quanto a restaurantes, e estando a ilha tomada por italianos, nunca vos faltará uma pasta ou uma pizza para comer. Sei que há um fantástico em Es Pujols - o Chezz Gerdi - mas que, para nosso azar, ainda não tinha aberto para a temporada.

De todos os que experimentámos deixo-vos de dica estes dois: O Cana Joana e o Can Carlos.

Acho que posso afirmar com alguma segurança que não existe, em toda a ilha, um tão bonito como o Cana Joana.

O preço médio por pessoa é que já não é tão bonito, acreditem! Cerca de 60 euros/pessoa pelo prato do dia (pasta e risotto) 2 copos de vinho e uma sobremesa. (roubar estrada, masé!)

Formentera /shop-shop/


E chegamos ao tópico: estoirar guito! 
DEUS ME LIVRE, Formentera é o diabo vestido de hippie a acenar ao teu cartão de crédito! 
Há lojas e vendedores de rua, há o Mercado de La Mola, há miúdas na praia a tentarem-te com isto e aquilo, enfim, um mundo de gente investida em fazer com que regresses a casa sem cheta na conta! 
Uma das lojas que me fez entrar em estado febril foi esta das fotos acima, a Encanté que fica em Es Pujols e onde me fui perder de mim própria (e do Jorge também, que me foi encontrar pouco depois em estado catatónico). 
Aqui comprei a saia cor de rosa (baratinha, pasme-se) e umas quinquiharias de trazer ao pescoço.

Fiquei presa nas carteiras mas consegui dizer BASTA antes de "entrar pela madeira" (e voltei lá quase todos os dias que se seguiram a este sem gastar mais um tostão o que significa que sou a melhor gaja do mundo a automutilar-se em consciência).

Se forem a Formentera (ou se voltarem para algumas de vós) não deixem de ir aqui, vão perceber exatamente o que estou a dizer!

A Full Moon é a loja bonita de Formentera (dos mesmos donos do Restaurante Cana Joana de que vos falarei depois) as portas azuis e as buganvílias cor de rosa dão-lhe aquela aura de bom gosto a que ninguém fica indiferente. 
A loja é pequenina mas tem coisas muito bonitas e relativamente acessíveis. 
Aqui não comprei nada mas recebi um presente - um biquini lindo de algodão (quem tem um namorado como o meu tem tudo!)

Em cima alguns exemplos do que tenho estado para aqui a dizer.
Reparem que nem olho para a máquina fotográfica, ceguinha e direta ao que interessa!

E, por fim, o mercado hippie de La Mola com os artesãos locais a venderem as suas criações à quarta e ao domingo, das 17h às 20H. 
(tenho a dizer que me amarfanhei a um colarzinho e pulseira bem catitas) 

E a mini fotógrafa hippie, não é o máximo? Coisa mais fofa!

E quanto a lojas muito mais havia a dizer mas isto faz-me mal à tensão e eu vou ficar por aqui antes que me dê a sulipampa!

Formentera /Praias/



                                                              Es Caló é A praia!  
O mar aqui ainda consegue ser mais translucido e a paisagem natural é de cortar a respiração.
O restaurante é muito bom e aconselho a prolongar a praia até tarde e ir directamente para o jantar, com sal no cabelo e no corpo e com muita vontade de beber vinho!










Este dia em Es Caló foi dos mais espectaculares da semana! 
Vai ficar para sempre...






E por fim, e para não maçar ninguém, a Beso beach que tem o bar de praia mais concorrido de Formentera (isto pelo que pude ver e não nos esqueçamos que estávamos em Maio, né?).

Os barcos ficam ancorados perto da praia e o restaurante/bar tem um serviço de botes que recolhem os convivas nas respectivas embarcações - ou seja, há vidas piores do que a desta malta (digo eu)! 

Não experimentamos este restaurante porque a lista de preços era um tantinho assustadora para um almocinho de descanso de sol, mas claro está que fui averiguar que coisa era aquela da boutique de praia que se via na parte de trás do dito cujo. "ah, pois claro, 350 euros esta saia... mui bonita. gracias, gracias. fica tu con ella"

Estas foram as praias de que mais gostei, mas a verdade é que... são todas bonitas e paradisíacas, cum raio e eu já ia masé outra vez! 

AddThis