Panquecas low carb

Desde que, há quatro semanas, comecei a reeducar a minha alimentação e a excluir tudo o que são açucares e carbohidratos do meu dia a dia que a minha vida, disposição e corpo melhoraram substancialmente. 


Nos últimos anos tenho sofrido imenso com inflamações nos tendões que me incapacitam imenso para uma série de tarefas, nomeadamente, e quando as dores são mais agudas, conduzir. 

Por isso tinha mesmo que fazer por mudar alguma coisa se não quero ter a minha vida pré destinada a problemas de saúde (os problemas dos meus pais - diabetes, problemas de coluna, nódulos, coração, etc. etc., também me ajudaram a perceber que estava na altura de fazer alguma coisa).

Li imenso (e continuo a ler pois que ainda tenho muitas duvidas) sobre esta forma de alimentação e a primeira sensação que tive - ao contrário de tantas outras que já experimentei - é de que fazia todo o sentido para mim eliminar do meu dia a dia coisas que, até por instinto, sabia que não me faziam nada bem, como o pão, as massas, arroz e que me atrasavam as digestões ao ponto de passar quase sempre mal de cada vez os ingeria. 

Esta forma de alimentação baixa em hidratos - mais conhecida por paleolítica - mudou um bocadinho a minha relação com a comida e a verdade é que é extraordinária a quantidade de porcaria que ingerimos no nosso dia a dia, seja por ser mais fácil e rápido encomendar uma pizza, por exemplo, seja por que, efetivamente nos viciámos nestas comidas fruto de anos e anos a habituar o corpo aos açúcares. 

Além de todos os benefícios que já tenho vindo a sentir e a verificar - não perdi peso mas perdi já um bocado de volume (nunca tive muita facilidade em perder peso, pese embora esta dieta funcione muito bem para quem quer perder muitos ou poucos kgs) passaram-me as dores e inflamações, tenho muito mais energia durante o dia e a pele da cara melhorou substancialmente - uma das coisas que isto me trouxe foi encontrar alguns blogs de comida saudável que são absolutamente extraordinários, como o sprouted fig.com, que é de um bom gosto incrível (a autora é uma miúda de 19/20 anos).

Foi aqui que encontrei esta receita fantástica de panquecas que acho que vale mesmo muitíssimo a pena experimentarem!

Espero que gostem e já agora ficam a um conhecer mais um sítio que vale a pena visitar na blogosfera!


* a foto é da autora do sprouted fig

vestido florido

saia vermelha

#músicasdaminhavida #1


Stone Temple Pilots   Creep (Official Video)[1] from Pedro Leão on Vimeo.


à semelhança dos cheiros, a música transporta-me invariavelmente para a minha vida aqui ou ali, neste ano e naquele outro, onde era uma coisa e outra e tudo ao mesmo tempo.

Os Stone Temple Pilots fizeram parte de mim durante quase todos os anos da juventude, trazidos pelo Cristophe, um amigo que vivia em Paris e que todos os anos passava férias em Arganil na casa onde passei tardes maravilhosas à volta da piscina a ouvir todo o tipo de grunge e rock que ele trazia de lá.

Ele não sabe, mas educou-me o gosto que ainda hoje conservo por este género de música que oiço vezes e vezes sem conta e que me traz sempre imagens daqueles tempos tão bons e especiais que vivemos.

Fui uma miúda feliz, não tenho quaisquer dúvidas quanto ao que vivi.

esta é uma rubrica que espero continuar aqui pelo blog, a da música... 
faz parte de mim e gostava de partilhar convosco o que se escuta deste lado de cá.

bom início de semana!






Casaca Rockeira




Quando a vi toda eu era emoji de coração nos olhinhos, palpitações e cenas afins. 
Big crush por esta coisa rock que dá para usar com tudo e mais alguma coisa, desde as jeans aos vestidos, com sapatilhas ou botas! 
A.D.O.R.O!

É Zara (vénias) e já cá mora!
o vestido (que tem detalhes lindos) é da HM do ano passado e as tilhas são da TopShop!

o restaurante é o À Parte,
A Rua é a das Flores
As fotos são by mamãe e by me!


beijos beijos!

o Mickey e moi!

Avulsas das férias de julho de 2016 e comida

A praia da Carriagem só para nós e um fato de banho da Asos que foi amor à primeira vista ainda que ficasse muito mais espectacular numa versão magra da minha pessoa e não na versão braços e pernas de camionista. mas sem cão, caça-se com gato. 
eu sei, eu tenho cão, mas vocês percebem o que eu quero dizer.

Lisboa, no ZeroZero.
 Mnham!!

Outro fato de banho que é de morrer de lindo (eu cá acho, que sou menos de florzinhas) da Missguided mas que, lá está ... fecha a boca, Vanessa Alexandra!



 subir e descer degraus antes de ir ali à Arrifana abrir a boca para mais um kilogramas.

Bar da Praia da Arrifana a abrir a goela para estes petiscos maravilhosos e esta sangria branca com pepino e cenas que escorregam lindamente e que te embebedam à traição.

Eu de tacha arreganhada a ver o Jorge a curtir o mar em pelota (eu disse que a praia era só nossa!)

Nós os dois com um pau de selfie que só usámos quando não estava ninguém capaz de testemunhar a nossa figurinha a atirar pró caça pókemon.

um dos amores da minha vida no Alvor num dia em que Aljezur estava com os graus celsious trocados.

Uma suite espectacular em Sintra que só admite bichos mas crianças nem cheirá-las!

Um pequeno almoço daqueles em que queres comer de tudo e mais alguma coisa e depois até te arrependes um bocadinho por que não precisavas de mais calorias a fazer forrobodó nas tuas pernas, rabo e cintura!

O focinho mais apetitoso do mundo inteiro!

E... lá está... mais um petisquinho de Praia da Adrága que isto de acabar as férias sem ganhar pelo menos 3 Kgs não é a mesma coisa!

Bom fim de semana, queridas pessoas!
por aqui chove mas parece que amanhã o verão volta meio de mansinho!
é aproveitar!

e por falar em amor perfeito....






Já viram bem esta luz, nesta praia, nestes fins de dia muito mais do que perfeitos?

Na Praia do Ourigo

e

na da Luz:

#overwhelmed

AddThis